BRASÍLIA

De virada, Brasília vence e garante a classificação na Segundinha

Publicada em 10/10/21 às 00:50h - 2visualizações

por vozdoesportenews.com.br


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Bruno Batista/Brasília FC)

Na tarde deste sábado (9), Legião e Brasília se enfrentaram no Abadião, em Ceilândia, em jogo válido pela quarta rodada da Segundinha. Superando polêmicas de arbitragem em um jogo difícil, o Colorado venceu de virada e com dois pênaltis contra, garantindo a classificação para a semifinal com uma rodada de antecedência.

As equipes voltam à campo na quarta-feira (13), para a última rodada da primeira fase. Já classificado, o Brasília enfrenta o Ceilandense – que entra em campo amanhã (10) pela 4ª rodada – no Mané Garrincha. Com apenas um ponto, o Legião se despede da competição contra o SESP/Taguatinga no Municipal de Alexânia.

Primeiro tempo

Quem tomou a iniciativa do jogo com o primeiro ataque foi o Brasília. Romário recebeu passe infiltrado pelo meio da zaga e finalizou, mas sem muito perigo.

Aos 4′, o Legião chegou bem ao ataque. Dentro da área, a bola sobrou para Juninho, que tocou para Rômulo finalizar, fraco, nas mãos de Márcio Fernandes. Luander ficou na frente do goleiro atrapalhando a saída de bola, e o arqueiro foi pra cima do atleta do Legião, o acertando com a bola em um lance confuso. O árbitro da partida então marcou pênalti, e o próprio Luander bateu, mas Márcio defendeu.

Após o pênalti desperdiçado, o Legião seguiu em cima, pressionando a equipe colorada. Aos 18′, Márcio Fernandes defendeu uma boa finalização, mas na sobra de bola, Kaká chutou para abrir o placar.

O Brasília tentou empatar o placar três minutos depois com Mirandinha, com uma espécie de voleio, mas a finalização foi fraca e acabou nas mãos do goleiro Pedro. Aos 25′, Mirandinha conseguiu bom drible pela esquerda e cruzou para Lucas Victor, mas a cabeçada saiu fraca, no meio do gol.

O jogo seguiu truncado e com menos chances de gol. Em uma falta cobrada do lado da área, a bola foi cabeceada com perigo por Romarinho, perto da trave, mas o impedimento na jogada já havia sido marcado.

Foto: Bruno Batista/Brasília FC

Segundo tempo

O Brasília voltou com tudo pra segunda etapa, e perdeu um gol incrível já no primeiro lance. Após jogada pela esquerda, a bola foi cruzada pra Dadinho, que sozinho, chutou mal, isolando a chance do empate. Em seguida, Pedrão também tentou, mas a finalização saiu fraca, no meio do gol.

Assim como na primeira etapa, com 4′ da segunda, o Legião chegou ao ataque, e em mais um lance confuso, outro pênalti foi assinalado. Em disputa pela bola, Dadinho e Kaká se trombaram, e o atleta do Brasília puxou o do Legião ainda fora da área. O camisa 7 do Leão conseguiu evoluir na jogada, e mesmo sem contato, caiu dentro da área.

Dadinho, que havia entrado no intervalo, foi expulso, e a penalidade máxima foi marcada. Fellipe foi para a cobrança, mas bem posicionado, Márcio Fernandes pegou mais uma cobrança, a segunda da partida.

O Brasília ganhou novas forças, e aos 14′, teve mais uma oportunidade, quando Juninho cobrou falta com perigo mas a bola foi pra fora. O Legião tentou chegar novamente aos 19′ pela esquerda, e a bola sobrou pra Juninho, que finalizou muito mal e viu a bola sair em lateral.

Mesmo atrás no placar e com um homem a menos em campo, o Colorado seguiu em rimo forte no ataque, e conseguiu empatar a partida aos 27′. Mirandinha recebeu na direita e cruzou para a área, e Fred, tentando afastar, acabou chutando contra a própria meta.

O Legião tentou responder aos 28′ com Juninho, que de muito longe arriscou, mas a bola foi fraca, em cima do goleiro Márcio. O Brasília quase conseguiu a virada aos 34′, quando Maranhão chegou pela esquerda, invadiu a área e bateu de esquerda, mas o goleiro Pedro fez ótima defesa.

O empate deu novas emoções para a partida. Aos 39′, o Brasília teve nova chance de virar o jogo com Romarinho, que ganhou da marcação, mas na hora de finalizar, chutou em cima do goleiro Pedro.

Com o jogo truncado e cheio de cartões, o árbitro deu seis minutos de acréscimos. Dando o último gás, aos 47′, o Brasília virou a partida. Juninho chegou pelo meio e dentro da área achou Romarinho, que fez a tabela e devolveu de forma açucarada para o camisa 10 finalizar e garantir a classificação antecipada.

Ficha técnica

LEGIÃO 1×2 BRASÍLIA

Campeonato Candango Segunda Divisão – Primeira fase – Quarta rodada
Estádio Abadião – Ceilândia – DF – 09/10/2021, 15h30

Árbitro: Leandro Almeida Damas de Oliveira
A1: Muller da Silva Aniceto
A2: Mateus Rodrigo Santos Campelo
4º árbitro: Nathalya Fortunato Duque

Legião

Pedro; Estevão, Fred, V. Baiano e Matheus C.; G. Ximenes, Juninho e Filipe; Romulo, Kaká e Luander
Técnico: Hugo Almeida

Gols: Kaká (18′ 1T)
Cartões Amarelos: Luander, Juninho, Romulo
Cartões Vermelhos: Luander

Brasília

Márcio Fernandes; Judvan, Pedrão, Fernando e Leandro C.; Filipe Werley, Raphael Augusto e Juninho; Mirandinha, Romário e Lucas Victor
Técnico: Luis dos Reis

Gols: Fred – contra (27′ 2T) e Juninho (47′ 2T)
Cartões Amarelos: Márcio Fernandes
Cartões Vermelhos: Dadinho

Fonte: DF Sports +




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Visitas: 43523
Usuários Online: 7
Copyright (c) 2021 - vozdoesportenews.com.br